[kkstarratings]

Modelo tem bom custo-benefício para empresas e profissionais liberais.

Dizer que o mundo do trabalho está em transformação já virou lugar-comum. Desde a reforma trabalhista no Brasil até as descoladas sedes de startups e gigantes da tecnologia como Google e Facebook, as novidades não param de surgir e acompanham as mudanças na economia e as novas tecnologias que favorecem a mobilidade e a troca de dados e informações entre pessoas e empresas.

Os escritórios virtuais são uma tendência que ganha cada vez mais adeptos graças à redução de custos e à flexibilidade que proporciona a empresas, profissionais liberais e empreendedores. Nesta modalidade, é possível alugar espaços de trabalho por períodos específicos e utilizá-los para receber clientes, fazer reuniões ou para ter a opção de um endereço comercial e fiscal em outro bairro, cidade ou estado.

Em geral, os escritórios virtuais oferecem sala(s) de trabalho e reunião, recepção e atendimento telefônico personalizado (com o nome da companhia e/ou do gestor), gestão de correspondência, recados e outros benefícios. O pagamento pode ser na forma de aluguel mensal – para quem precisa ter o espaço sempre disponível – ou a cada utilização.

Móveis de escritório e decoração: critérios de escolha

 Os escritórios virtuais contam com os principais móveis de escritório – como mesas, cadeiras e armário(s) -, ar-condicionado, telefone, internet com banda larga e mimos como água e cafezinho. Se não é possível alterar a disposição ou selecionar os elementos, vale ficar atento à decoração, uma vez que a imagem da empresa ou do empreendedor ficará diretamente ligada ao espaço escolhido. Hoje já é possível pesquisar diversas opções em cidades como Rio, São Paulo e outras capitais e localidades.

Outro fator que deve pesar na sua escolha é a mobilidade, caso você queira marcar reuniões no escritório virtual. Lembre-se que seus clientes terão que ir até você, por isso facilidade de acesso e locomoção, além de estacionamento, têm que fazer parte do pacote. Fazer uma visita ao local antes de fechar negócio é recomendável, seja para conferir os móveis e outros detalhes da infraestrutura, seja para saber como chegar. Feito isso, a escolha é sua.